segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

casamentos

Antes de mais, peço desculpa aos que sentem o flagelo da discriminação, que se sentem proibidos de amar e etecetera.
Agora a minha opinião: Acho ridícula a ideia do casamento homossexual.

Porquê?

Simplesmente porque não podemos aceitar tudo assim (ou assado).

Casamentos entre pessoas com menos de 16 anos não são permitidos, as crianças com menos de 16 anos não têm direito ao amor? :O
Casamentos entre pessoas e animais não são permitidos, a D. Amália e o seu Tareco não têm direito ao amor? :O
Casamentos entre um homem e duas mulheres não são permitidos (vulgo poligamia), o João, a Carla e a Vanessa não têm direito ao amor? :O

ponto final.

(não responderei a comentários acerca deste assunto)

3 comentários:

sara lóló disse...

Mesmo que não respondas, eu dou a minha opinião à mesma.

- Crianças (tal como disseste) com menos de 16 anos têm direito ao amor, mas obviamente que não estão preparadas para um casamento... Porque são CRIANÇAS e um casamento é muito mais do que beijinhos e abraços e é ainda muito mais do que assinar um papel.

- Quanto à D. Amália e ao Taneco... Pobre bicho que anda a ser assediado pela mulher. Ela devia mas é ir ao psicólogo, não ao registo.

- Quanto à poligamia, muito sinceramente, pelo que me toca, desde que fossem felizes assim estavam à vontade por mim. E mesmo que não fossem felizes isso era com eles.

Se um homem quer fazer a vida partilhando-a com outro homem ou uma mulher com outra mulher não vejo qual é o mal. Eles já viviam juntos antes da lei, para todos os efeitos eram casados, só não estava no papel. O casamento só lhes vem conceder certos direitos que lhes eram negados, não passa de um acto legal.

zeca afonso disse...

já fico feliz por não chamarem casamento mas sim união e não terem assim os mesmos direitos que os casados, como a adopção. deviam era proibir a troca de carinhos entre os homens por que isso é bue gay e faz me confusão. já em relação à união entre mulheres devia ser obrigatorio a troca de carinhos ao vivo pelo menos 3 vezes por dia

Anónimo disse...

isso de nao responder é muito paneleiro, deves tar com medo que com os argumentos dos teus leitores passes a aceitar o casamento gay